Coração saúde

Saúde cardíaca.

O consumo da bebida poderá reduzir a oxidação do colesterol, mantendo uma maior saída a nível da frequência cardíaca, diminuindo os níveis de colesterol e triglicéridos e pode mesmo contribuir para a redução da pressão arterial. As doenças cardíacas, atualmente, ocupam a primeira causa de morte em todo o mundo. Tomar medidas preventivas nesse sentido é uma decisão inteligente. 2 a 3 doses, por dia, são sugeridas por um longo período de tempo.

Saúde Gastrointestinal

A característica particular da bebida MOA, é o facto de ter múltiplas atividades de uma só vez, o que faz com que seja um veículo valioso, para tentar conseguir a melhoria do sistema gastrointestinal. O seu efeito amplia a cobertura a nível de microrganismos, como vírus, bactérias e fungos, podendo inferir numa acção singular, juntamente com a sua capacidade anti-inflamatória e efeito antioxidante. Por exemplo, no Refluxo gastro esofágico (GER), os efeitos da supressão de ácido, em úlceras do estômago e gastrites, a acção sobre Helicobacter pylori é essencial. Trabalha para melhorar os sintomas do divertículo, diarreia, febre tifoide bacteriana e síndrome do intestino irritável. Por outro lado, embora pareça paradoxal, algumas pessoas apresentam melhorias dos sintomas de obstipação, devido ao alto teor de fibras, presentes na bebida. A Doença de Crohn também é favorecida pela utilização da MOA devido ao seus ingredietnes e efeito anti-inflamatório e preventivo dos sintomas de má absorção intestinal dos nutrientes essenciais. Ao criar uma maior tolerância ou aceitação, sugerem-se 2 a 3 doses, por dia.

Saúde ocular.Ocular

Há uma série de doenças oftalmológicas que respondem correctamente ao resveratrol , xantonas presentes no MOA, devido à conjugação das suas propriedades anti-inflamatórias, antibióticas e antioxidantes. Essas patologias incluem catarata, glaucoma, doença macular (mácula), conjuntivite alérgica e infecciosa, etc. Relatos de pacientes mencionaram que as suas dioptrias ou graduação não aumentaram tão rapidamente, por tomarem MOA e, até mesmo, alguns mencionaram terem deixado de usar óculos.