cominhoDe entre dos muitos componentes da bebida MOA, encontramos um que se destaca por lhe proporcionar um sabor picante.

Não se trata de uma pimenta, e o nome em inglês é “Black Seed”. Por vezes aparece referenciada com o respectivo nome científico “Nigela Sativa” sendo em português conhecido por Nigela ou Cominho Preto.

Trata-se da semente preta de uma planta já conhecida há milénios e utilizada pelos seus super poderes e suas propriedades benéficas.

Benefícios das Sementes de cominho preto (nigela sativa)

Tem inúmeras propriedades, entre elas, analgésica, anti-inflamatória, anti-histamínica, antialérgica, antioxidante, anticancerígena, estimulante imunitário, antiasmática, anti-hipertensiva, hipoglicémica, antibacteriana, antifúngica, antiviral e antiparalítica.

Em termos de investigações, no PubMed parecem 463 publicações sobre a planta, e na MedLine 70. O principal componente activo desta planta chama-se “thymoquinone”, e o PubMed indica 332 investigações.

Podemos igualmente encontrar inúmeras referências em livros de plantas e extratos naturais, tendo-se dedicado livros a esta maravilhosa planta.

Nos próximos anos vamos ver novas aplicações da Nigela no tratamento de doenças fatais como o cancro ou a SIDA, incluindo o tratamento de doenças respiratórias, problemas digestivos, problemas de pele, hipertensão, beleza e cuidados com a pele, e mais!

 Nigela Sativa: o tempero picante dos faraós egípcios

A semente foi descoberta no túmulo do faraó Tutankhamon. Esta descoberta data de cerca de 1325 AC. Os antigos egípcios selecionavam cuidadosamente aquilo em que acreditavam ajudar os Faraós quando passavam para outra vida após a morte. A nigela aparece tanto na Bíblia Sagrada como no Alcorão Sagrado, quando o Profeta Maomé, diz: “Use a semente nigela porque é uma cura para todas as doenças, exceto a morte”.

O sabor é um pouco picante, mas sendo diluído em água ou sumo de fruta, o picante é muito atenuado. A Ariix já diminui a componente desta semente na bebida MOA de modo a atenuar o picante.

E você já tomou a sua dose de MOA hoje?