Um pH ácido pode ocorrer devido a uma dieta inadequada, stress emocional, sobrecarga de toxinas, e/ou reações ao sistema imunitário ou qualquer processo que dificulte as células de absorver oxigénio ou outros nutrientes.

A acidez pode ainda causar os seguintes problemas:

Dano cardiovascular.
Ganho de peso, obesidade e diabetes.
Problemas da bexiga.
Pedras nos rins e outros cálculos.Niveis PH
Deficiência imunológica.

Ácido úrico (gota)
Aceleração do dano por radicais livres.
Problemas hormonais.
Envelhecimento prematuro.
Osteoporose e dor nas articulações.
Dores musculares e aumento do ácido láctico.
Baixa energia e fadiga crónica.

Digestão e eliminação lentas.
Aumento de fermentações e fungos.
Falta de energia, fadiga.
Baixa temperatura corporal.
Tendência a contrair infecções.
Perda de iniciativa, prazer, e entusiasmo.
Tendências depressivas.
Exaustão rápida.
Compleição pálida.
Dores de cabeça.MOA Niveis PH do corpo
Inflamação da córnea e pálpebras.

Amolecimento e dores nos dentes.

Gengivas sensíveis, inflamadas.
Úlceras estomacais e da boca.
Fissuras no canto dos lábios.
Excesso de ácidos no estômago.
Gastrite.
Unhas finas e quebradiças.
Cabelos secos, quebradiços e queda.
Pele seca.
Irritação da pele.
Caimbras nas pernas

O calcio e o magnésio são dois minerais alcalinizantes essenciais.

Felizmente temos no organismo um “banco” destes minerais – nos dentes e nos ossos.

99% por cento do cálcio do organismo está contido nos ossos e dentes. Para compensar a sobrecarga ácida, o corpo retira porções deste banco. Se isto é razoável a curto prazo, a longo prazo acabamos por ter ossos mais frágeis com a idade, e em casos extremos resulta em osteoporose.

Os anos críticos para a construção da massa óssea são até cerca dos 30 anos. Depois deste periodo, apenas há decréscimo da densidade óssea por vários motivos.

Um dos grandes problemas da juventude deve-se ao facto de comerem manifestamente mal (comidas rápidas e bebidas gaseificadas) e assim não virem a constituir um adequado “banco”de cálcio, e cujas consequencias serão notadas na 3ª e 4ª idades.

Alguns nutrientes como zinco, cálcio, vitaminas e isoflavonas, participam do processo de metabolismo ósseo e desta forma serão fundamentais para a prevenção da osteoporose.

As frutas frescas, os legumes e as hortaliças (principalmente os orgânicos) quando ingeridos crus – por seu elevado teor de sais minerais, vitalidade, água e fibras – são exactamente os alimentos mais alcalinizantes à nossa disposição.

Beber MOA ajuda a alcalinizar os fluidos corporais?

Alguns dos componentes da Bebida MOA são transformados no organismo em citrato de sódio (sal alcalino), carbonatos e bicarbonatos alcalinos, causa imediata alcalinização do meio humoral, neutralizando ou amenizando estados indesejados de acidez.
E mais, estes sais alcalinos são considerados os melhores remédios contra o excesso da viscosidade sanguínea, oferecendo prevenção contra acidentes cardiovasculares.

Por potencializar a capacidade metabólica dos órgãos excretores promove limpeza e desintoxicação de todo o corpo. É bactericida, fungicida e antibiótico.

Em paralelo, a bebida com todos os seus demais componentes fortalece o sistema imunitário, retarda o envelhecimento precoce, é um poderoso antioxidante e bloqueia radicais livres, oferecendo assim protecção contra o cancro e demais doenças.

Não admira que pessoas e médicos tenham constatado por exemplo aumento da densidade óssea…

E você, já bebeu a sua dose diária de MOA hoje?