Inúmeros estudos revelaram que parece haver uma forte ligação entre comer frutas e verduras e a proteção contra o cancro. 

Mas porque muitos deles foram estudos sobre grupos de controlo, onde as pessoas que já têm um determinado resultado de saúde (casos) comparativamente às pessoas que não têm esse resultado (controlo), é possível que os resultados posam ter sido distorcidos por problemas inerentes nestes tipos de estudos. Por exemplo pessoas com doenças muitas vezes recordam comportamentos passados ​​de forma diferente do que aqueles sem a doença, o que pode levar à imprecisão potencial nas informações que eles fornecem para o estudo os investigadores.

A possibilidade mais provável é que alguns tipos de frutas e vegetais protegem contra certos tipos de cancro.

Um relatório enorme do “World Cancer Research Fund” (Centro de pesquisa mundial para o cancro) e do Instituto Americano para Pesquisa do Cancro sugere que os legumes não-amiláceos, como alface e outras folhas verdes, brócolos, tomate, couve chinesa, couve, bem como alho, cebola, etc. e outras frutas “provavelmente” ajudam a proteger contra vários tipos de cancros, incluindo os da boca, garganta, laringe, esôfago e estômago, próstata, bem como também protegem contra o cancro dos pulmões.

Componentes específicos de frutas e vegetais também pode ser protetor contra o cancro.

Por exemplo, uma linha de pesquisa decorrente de uma constatação dos profissionais de saúde sugere que o tomate pode ajudar a proteger os homens contra o cancro de próstata, especialmente as formas agressivas do mesmo.

tomateUm dos pigmentos que dão aos tomates sua cor vermelha, o licopeno poderia estar envolvido neste efeito protetor. De um modo geral, estes estudos sugerem que o aumento do consumo de produtos à base de tomate (produtos de tomate preparados especialmente) e outros alimentos contendo licopeno podem reduzir a ocorrência de cancro da próstata. O licopeno é um dos vários carotenoides (compostos que o corpo pode transformar em vitamina A) encontrados em frutas coloridas e legumes, e pesquisas sugerem que os alimentos que contêm carotenoides podem proteger contra câncer de pulmão, boca e cancro da garganta.