A diabetes é uma disfunção do metabolismo, ou seja, a forma como o organismo usa a digestãodiabetes e MOA dos alimentos para produzir energia. A maioria das comidas que comemos é dividida em partículas de glicose, um tipo de açúcar que fica no sangue. Esta substância é o principal combustível para o corpo.

Nesta doença, quase sempre o pâncreas produz a quantidade suficiente de insulina, mas, por razões desconhecidas, o corpo não consegue utilizar esta substância de forma efetiva. A este problema dá-se o nome de resistência à insulina. Depois de alguns anos de resistência, a produção desta substância acaba diminuindo. O resultado é o mesmo de diabetes do tipo I: a glicose produzida na digestão não é utilizada como combustível pelo corpo.

Consequências da Diabetes 

–  Os diabéticos têm o dobro da taxa de mortalidade dos não diabéticos;

–  Os diabéticos têm entre 2 a 4 vezes mais ataques de coração e derrames cerebrais mesmo que tenham o mesmo nível de colesterol dos não diabéticos;

–   A diabetes é a principal causa não traumática das amputações dos membros inferiores;

–  Os diabéticos são 6,2% da população, mas fizeram parte dos 19% de mortes acima do s25 anos em 1999 nos EUA;

–   A diabetes é a causa mais comum de insuficiência renal, que requerem hemodiálise.

–   Os diabéticos têm 40%  mais probabilidades de ter glaucoma, 60% mais propensos a ter cataratas e retinopatias;

–   70% Dos diabéticos terão danos no sistema nervoso que poderão causar:

  1. Neuropatia periférica dolorosa dos membros superiores e inferiores;
  2. Síndroma da compressão nervosa, como a do túnel do carpo;
  3. Problemas como inchaço, diarreia, constipação e assim por diante;
  4. Grandes deformações nos pés;
  5. Impotência.

    As mães diabéticas têm abortos espontâneos em 15-20% das gravidezes e são a maior causa de defeitos congénitos entre 5-10% de nascimentos;

–   35% dos diabéticos terão graves doenças de pele: Erupções, infeções (aparelho urinário,…) descoloração da pele, etc.;

–   35% dos diabéticos terão graves doenças resultando na perda dos dentes;Garrafa Bebida MOAPortugal

–   73% dos diabéticos têm pressão arterial elevada;

 

Benefícios da bebida MOA na Diabetes

Os pacientes que usam a bebida MOA, reportam:

–   Diminuição dos rápidos níveis de açúcar no sangue;

–   Diminuição das 2 horas pós-refeição dos níveis de açúcar no sangue;

–   Diminuição do apetite e mesmo perda de peso;

–   Diminuição da medicação hipoglicémica;

–   Diminuição de dores da neuropatia.

Existem vários modos de ação dos vários princípios ativos existentes na bebida MOA. Os resultados clínicos das xantonas, os benefícios do cogumelo Maitake (controla os níveis de glicose no sangue), entre outros, agem para reduzir a resistência à insulina, o defeito nuclear na diabetes tipo II. Além disso,os alemães tratam a neuropatia periférica com antioxidantes, e todas as complicações diabéticas, sem exceção, envolvem danos pelos radicais livres. Portanto, é razoável concluir que o poder antioxidante da bebida MOA também é evidente nos resultados relatados.

Clique aqui para conhecer melhor a bebida MOA!

Clique aqui para ler testemunhos de pessoas com a bebida MOA!